Arquitetura · TCC

ARQUITETURA :: DICAS PARA ELABORAR UM PROJETO DE PESQUISA

Olá galera!!

Finalmente depois de quase 11 meses sem escrever aqui no blog, I’M BACK! E o post de hoje é algumas dicas de como elaborar o seu projeto de pesquisa, essa semana estava revirando meus arquivos da faculdade e achei o conteúdo das aulas de como elaborar um projeto de pesquisa. Seguindo a linha de ajuda, assim como fiz quando postei sobre DIAGRAMAÇÃO DE PRANCHAS, se você ainda não viu, só acessar aqui , decidi compartilhar com todos o que aprendi durante essa fase do TCC. O post ficou um pouco extenso, mas como muitos me conhecem, gosto de deixar tudo bem completo, então, espero que auxilie e ajude muito!

AVISO IMPORTANTE » Cada Universidade/Faculdade tem seu próprio manual de elaboração do projeto para trabalho de conclusão, procure na sua faculdade ou com seu orientador, pois pode variar a maneira como é feito. O post a seguir que elaborei, foi seguindo o da UNIPAR (Universidade Paranaense) onde estudei, todo o assunto que foi exposto abaixo são de aulas e arquivos que tenho guardado.

     Constitui-se em um importante exercício de previsão dos desafios (teóricos, práticos, materiais) que serão enfrentados pelo pesquisador. O projeto de pesquisa é o mapa a ser seguido durante o processo de investigação, deve fundamentalmente responder às seguintes perguntas:

  • O que pesquisar?
    » Definição do problema, hipóteses, base teórica e conceitual.
  • Por que pesquisar?
    » Justificativa da escolha do problema.
  • Para que pesquisar?
    » Propósitos do estudo, seus objetivos.
  • Como pesquisar?
    » Escolha do método.
  • Quando pesquisar?
    » Cronograma de execução do projeto.
  • Com que recursos pesquisar?
    » Estabelecimento do orçamento.
  • Quem vai pesquisar?
    » Pesquisador, orientador, equipe técnica entre outros.

São critérios de avaliação do projeto de pesquisa:

a) título claro e conciso;

b) problema relevante e específico;

c) hipóteses claramente indicadas;

d) limitações claras do trabalho;

e) revisão bibliográfica completa e atualizada;

f) metodologia detalhada;

g) proposta de sumário organizada e lógica;

h) cronograma realista;

i) correção gramatical;

j) boa apresentação.

     O Projeto de TCC deve ser organizado de acordo com a estrutura abaixo:

2.1 Capa

2.2 Folha de rosto

2.3 Listas de figuras, de tabelas de abreviaturas e siglas (se necessário)

2.4 Resumo

2.5 Sumário

2.6 Introdução

2.7 Justificativa

2.8 Problema

2.9 Hipótese 

2.10 Objetivos (Geral e Específicos)

2.11 Fundamentação Teórica

2.12 Metodologia

2.13 Cronograma

2.14 Referências

2.15 Apêndices (se necessário)

2.16 Anexos (se necessário)

É a primeira folha do trabalho e contém as informações indispensáveis à sua identificação. Parte externa do projeto de pesquisa, que contém informações de identificação do trabalho científico. Deve possuir as seguintes estruturas:

  • Nome da instituição (centralizado, em letras maiúsculas, fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 14.
  • Nome(s) do(s) autor(es) em letras maiúsculas, tamanho 14.
  • Ao centro da página, título do trabalho e subtítulo (se houver) em negrito com letras maiúsculas, em tamanho 16.
  • Na parte inferior da página, a cidade e o ano com letras maiúsculas e tamanho de fonte 14.

Contém partes essenciais à identificação do trabalho. Vem imediatamente após a capa e apresenta elementos mais específicos para a identificação do trabalho. Deve possuir as seguintes estruturas:

  • Nome do(s) autor(es) em letras maiúsculas e fonte tamanho 14.
  • Título e subtítulo do trabalho (se houver) em negrito, letras maiúsculas e fonte tamanho 16.
  • Informações sobre o trabalho: nome da instituição a qual será submetido o projeto, área de concentração, professor orientador. Tais informações deverão ser redigidas em fonte tamanho 12 e com alinhamento do meio para a direita.
  • Local e data centralizados, em letras maiúsculas e fonte tamanho 14, localizados na parte inferior da página.

          Relacionam os elementos ilustrativos na mesma ordem que se apresentam no texto, designados por seu tipo e número, com a indicação da página correspondente. As listas podem ser de figuras, tabelas, abreviaturas e siglas.

Condensa todas as etapas do projeto de pesquisa. Entretanto, tratando-se do resumo de um projeto de pesquisa, as seções de resultados e conclusão não serão apresentadas.

Elaborado com o objetivo de facilitar a consulta ao Projeto. Enuncia os tópicos desenvolvidos no projeto e as páginas respectivas.

(O QUE É O TEMA?)

          Na introdução o aluno deverá explicar o assunto que deseja desenvolver.

  • Desenvolver genericamente o tema;
  • Anunciar a ideia básica;
  • Delimitar o foco da pesquisa;
  • Situar o tema dentro do contexto geral da sua área de trabalho;
  • Descrever as motivações que levaram à escolha do tema;
  • Definir o objeto de análise: O QUE SERÁ ESTUDADO.

 (DELIMITAÇÃO DO TEMA)

          O tema retrata a área que se deseja investigar, a qual geralmente é bastante ampla. Assim, é necessário a realização de um recorte, uma delimitação do assunto (Temática). No momento em que formulamos perguntas ao tema e ao assunto que propomos, estamos construindo sua problematização. Existem dois grupos de fatores principais que interferem na escolha de um tema para o trabalho de pesquisa. Abaixo estão relacionadas algumas questões que devem ser levadas em consideração nesta escolha:

  • FATORES INTERNOS
  1. – Afetividade em relação a um tema ou alto grau de interesse pessoal;
  2. – Tempo disponível para a realização do trabalho de pesquisa;
  3. – O limite das capacidades do pesquisador em relação ao tema pretendido.
  • FATORES EXTERNOS
  1. – A significação do tema escolhido, sua novidade, sua oportunidade e seus valores acadêmicos e sociais;
  2. – O limite de tempo disponível para a conclusão do trabalho;
  3. – Material de consulta e dados necessários ao pesquisador.

A introdução é a apresentação do assunto abordado, juntamente com o seu mérito. É uma seção que visa chamar a atenção do leitor, na qual se tenta justificar e fundamentar o projeto. É apropriado concluir a introdução com a formulação do problema, sob a forma de pergunta. Problematização é a questão-problema que o investigador procura responder, por meio da pesquisa.

LETRA ::

TÍTULOS » Tamanho 14 em negrito Arial ou 14 Times New Roman;

SUB-TÍTULOS/SUB-ÍTENS » Sem negrito e tamanho 12.

É a pergunta inicial que determina a investigação. O pesquisador deve, a partir do tema delimitado, formular uma questão, problematizando a temática cujo trabalho de investigação procurará solucionar.

Ex: A separação dos planos do ato jurídico (existência, validade e eficácia) difundida por Pontes de Miranda no Brasil é compatível com o princípio protecionista que permeia o contrato de trabalho a prazo determinado?

  • A maneira mais fácil e direta de formular um problema é em forma de pergunta. Além disso, facilita sua identificação por parte de quem consulta o projeto ou o relatório da pesquisa.

De modo geral, o estudante inicia o processo da pesquisa pela escolha de um tema, que por si só não constitui um problema. Ao formular perguntas sobre o tema, provoca-se sua problematização.

LETRA ::

TÍTULOS » Tamanho 14 em negrito Arial ou 14 Times New Roman;

SUB-TÍTULOS/SUB-ÍTENS » Sem negrito e tamanho 12.

É a possível resposta ao questionamento realizado a partir do problema. A hipótese é falseável, no sentido de que o pesquisador poderá refuta-la ao longo da implementação da pesquisa.

» Hipótese é sinônimo de suposição.

     Neste sentido, hipótese é uma afirmação categórica (uma suposição), que tende a responder ao problema levantado no tema escolhido para pesquisa. É uma pré-solução para o problema levantado. O trabalho de pesquisa, então, irá confirmar ou negar a hipótese (ou suposição) levantada.

LETRA ::

TÍTULOS » Tamanho 14 em negrito Arial ou 14 Times New Roman;

SUB-TÍTULOS/SUB-ÍTENS » Sem negrito e tamanho 12.

( VAI BUSCAR O QUÊ?)

     Aqui o aluno deverá descrever o objetivo concreto da pesquisa que irá desenvolver:  o que se vai procurar. A apresentação dos objetivos varia em função da natureza do projeto. Nos objetivos da pesquisa cabe identificar claramente o problema e apresentar sua delimitação. Nesse item deve constar a indicação do objetivo da pesquisa e quais os resultados que se pretende alcançar. Os objetivos são redigidos com verbos no infinitivo, procura estabelecer uma visão abrangente e global do tema, no sentido do que se pretende alcançar.

» caracterizar » identificar » compreender » analisar » verificar.

     Apresentam-se os objetivos de forma geral e específica:

4.1 – OBJETIVO GERAL

O que o aluno quer fazer, quais metas pretende alcançar. Não esquecer que os objetivos devem responder à(s) pergunta(s) da pesquisa. Genericamente, o que se pretende alcançar com a sua pesquisa. Aqui o pesquisador deverá indicar o propósito geral de sua pesquisa, ou seja, apontar o que pretende alcançar com a mesma.

Ex: Demonstrar a aplicabilidade da Teoria dos Fatos Jurídicos de Pontes Miranda aos contratos de trabalho a prazo determinado.

4.2– OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Em função da delimitação do problema, quais os objetivos que deverão ser alcançados através da execução de seu projeto de pesquisa. São desdobramentos que dão suporte ao objetivo geral, ou seja, os tópicos que necessariamente deverão ser abordados para que seja satisfeito o objetivo geral. Esse sub-item tem função instrumental, pois tratam dos aspectos concretos que serão abordados na pesquisa e que ajudarão atingir o objetivo geral. Os objetivos específicos orientarão o pesquisador na tarefa de recolher e organizar os dados e as informações. O aluno deve escolher entre três e quatro objetivos específicos, sendo que cada qual comporá um capítulo da monografia.

Ex: a) identificar os postulados principais da Teoria dos Fatos Jurídicos de Pontes de Miranda;

b) especificar o contrato de trabalho a prazo determinado;

c) abordar a eficácia contratual diante do vício de nulidade no Direito do Trabalho.

Os objetivos específicos definem etapas do trabalho a serem realizadas para que se alcance o objetivo geral. Podem ser: exploratórios, descritivos e explicativos. Utilizar verbos para iniciar os objetivos:

 LETRA ::

TÍTULOS » Tamanho 14 em negrito Arial ou 14 Times New Roman;

SUB-TÍTULOS/SUB-ÍTENS » Sem negrito e tamanho 12.

(POR QUE FAZER?)

     Todo projeto de pesquisa deve ter uma justificativa e, por isto, perguntamos: Por que fazer? Esta pergunta é importante para avaliarmos a validade do problema de pesquisa e, com isso, argumentamos o motivo de sua realização, seja ele de ordem prática ou teórica, pois, se este problema formulado estiver com suas respostas óbvias, por que fazer? Vale a pena perder tempo em uma pesquisa na qual você não acredita ou sobre a qual você já sabe o resultado?

Vale a pena reforçar, que a justificativa do tema e problema devem ser bem argumentadas teoricamente para convencer uma possível banca julgadora sobre a importância da realização de sua pesquisa.

Dessa forma entende-se que a justificativa consiste na apresentação, de forma clara, objetiva e rica em detalhes, das razões de ordem teórica ou prática que justificam a realização da pesquisa ou o tema proposto para avaliação inicial. No caso de pesquisa de natureza científica ou acadêmica, a justificativa deve indicar:

  • A relevância social do problema a ser investigado.
  • As contribuições que a pesquisa pode trazer, no sentido de proporcionar respostas aos problemas propostos ou ampliar as formulações teóricas a esse respeito.
  • O estágio de desenvolvimento dos conhecimentos referentes ao tema.
  • A possibilidade de sugerir modificações no âmbito da realidade proposta pelo tema.

LETRA ::

TÍTULOS » Tamanho 14 em negrito Arial ou 14 Times New Roman;

SUB-TÍTULOS/SUB-ÍTENS » Sem negrito e tamanho 12.

Portanto, uma discussão teórica deverá iniciar com a seleção de leituras pertinentes ao tema, fechamentos das principais idéias dos autores e na elaboração do texto, citações com as contribuições apreendidas nestas leituras. Discussão teórica portanto é a capacidade do autor da monografia neste caso em dialogar com autores que também já abordaram o tema em questão.

Constitui item importante a ser considerado para a aprovação de proposta. Assim, deve-se fazer uma boa revisão bibliográfica para saber o que já foi pesquisado. Se uma ideia veio da leitura de um autor, deverá ser citado. Pode-se comentar os trabalhos já feitos, salientando a contribuição dos mesmos para sua proposta de pesquisa.

Neste item o aluno apresentará um texto revisando ou explicitando o que pesquisadores/autores expõem sobre a temática do projeto (como texto). No projeto de monografia, dependendo da temática, o pesquisador poderá se reportar a documentos (leis), dados estatísticos e jurisprudência para elaboração de sua revisão bibliográfica.

                   (O QUE JÁ FOI ESCRITO SOBRE O TEMA?)

     Pesquisa alguma parte hoje da estaca zero. Mesmo que exploratória, isto é, de avaliação de uma situação concreta desconhecida  em um dado local, alguém ou um grupo, em algum lugar, já deve ter feito pesquisas iguais ou semelhantes, ou mesmo complementares de certos aspectos da pesquisa pretendida. Uma procura de tais fontes, documentais ou bibliográficas, torna-se imprescindível para que não haja duplicação de esforços.

A citação das principais conclusões a que outros autores chegaram permite salientar a contribuição da pesquisa realizada, demonstrar contradições ou reafirmar comportamentos e atitudes.

  • A literatura indicada deverá ser condizente com o problema em estudo;
  • Citar literatura relevante e atual sobre o assunto a ser estudado;
  • Apontar alguns dos autores que serão consultados;
  • Demonstrar entendimento da literatura existente sobre o tema;
  • As citações literais deverão aparecer sempre entre aspas ou caracteres em itálico, indicando a obra consultada. CUIDADO COM O PLÁGIO!
  • As citações devem especificar a fonte (AUTOR, ANO, PÁGINA);
  • As citações e paráfrases deverão ser feitas de acordo com as regras da ABNT 6023, de 2002.
  • Citações literais, utilizar fonte nº 10.

(COMO FAZER?)

     A metodologia mostra o caminho a ser percorrido em uma investigação, ou seja, como se responderá aos problemas estabelecidos. Deve estar de acordo com os objetivos específicos, abrangendo a definição de como será feito o trabalho.

  • Descrever sucintamente o tipo de pesquisa a ser abordada (bibliográfica, documental, de campo, etc. )
  • Delimitação e descrição (se necessário) dos instrumentos e fontes escolhidos para a coleta de dados: entrevistas, formulários, questionários, legislação doutrina, jurisprudência, etc.
  • Indicar o procedimento para a coleta de dados, que deverá acompanhar o tipo de pesquisa selecionado, isto é:
  1. para pesquisa bibliográfica: indicar proposta de seleção das leituras (seletiva, crítica ou reflexiva, analítica);
  2. para pesquisa experimental; indicar o procedimento de testagem;
  3. para a pesquisa descritiva: indicar o procedimento da observação: entrevista, questionário, análise documental, entre outros.
  • Listar bibliotecas visitadas até o momento do projeto e outras a serem visitadas durante a elaboração do trabalho final.
  • Indicar outros recursos: jornais, periódicos, Internet.

Alguns questionamentos auxiliam o aluno na pauta metodológica do trabalho:

  • Como se procederá a pesquisa?
  • Caminhos para se chegar aos objetivos propostos
  • Qual o tipo de pesquisa?
  • Qual o universo da pesquisa?
  • Será utilizado a amostragem?
  • Quais os instrumentos de coleta de dados?
  • Como foram construídos os instrumentos de pesquisa?
  • Qual a forma que será usada para a interpretação e analise dos dados?
  • Explicitar a metodologia de pesquisas de campo ou de
  • laboratório é bastante importante
  • Pesquisa bibliográfica – leitura como material primordial
  • Indicar como pretende acessar suas fontes de consulta,
  • fichá-las, lê-las e resumi-las, construir seu texto, etc.

A metodologia pode ser vista como o meio em que serão buscados os subsídios e/ou argumentos da pesquisa.Inicialmente o pesquisador deve esclarecer que tipo de pesquisa pretende realizar: qualitativa, quantitativa, quali-quantitativa. A seguir, deve indicar o Método de Abordagem: dedutivo, indutivo, dialético, etc. Também é imprescindível a indicação das técnicas de coleta que podem ser:

Subdivide-se em:

1) pesquisa documental: documentos (leis, sentenças, acórdãos, pareceres, portarias…) que podem ser encontradas em arquivos (públicos ou particulares), bibliotecas, sites da internet, etc.;

2) pesquisa bibliográfica: livros, artigos e outros meios de informação em periódicos (revistas, boletins, jornais), outras pesquisas podem ser encontradas em bibliotecas, sites da internet, etc..

Subdivide-se em:

1) pesquisa de campo (visita aos Tribunais, Presídios, etc);

2) pesquisa de laboratório (júri simulado);

3) entrevistas;

4) elaboração de questionários, etc.

O aluno deverá, em conjunto com professor de Metodologia, escolher qual ou quais as técnicas são as mais adequadas para o seu projeto de pesquisa.

LETRA ::

TÍTULOS » Tamanho 14 em negrito Arial ou 14 Times New Roman;

SUB-TÍTULOS/SUB-ÍTENS » Sem negrito e tamanho 12.

(EM QUANTO TEMPO FAZER?)

     A elaboração do cronograma responde à pergunta quando? A pesquisa deve ser dividida em partes, fazendo-se a previsão do tempo necessário para passar de uma fase a outra. Não esquecer que  há determinadas partes que podem ser executadas simultaneamente  enquanto outras dependem das fases anteriores. Distribuir o tempo total disponível para a realização da pesquisa, incluindo nesta divisão a sua apresentação gráfica.

 

Este é o espaço para que você possa evidenciar o que fez este tema ser escolhido ao longo da sua carreira discente.

LETRA ::

TÍTULOS » Tamanho 14 em negrito Arial ou 14 Times New Roman;

SUB-TÍTULOS/SUB-ÍTENS » Sem negrito e tamanho 12.

(QUAL O MATERIAL BIBLIOGRÁFICO UTILIZADO?)

  • A bibliografia utilizada no desenvolvimento do projeto de pesquisa ( pode incluir aqueles que ainda serão consultados para sua pesquisa).
  • A bibliografia básica (todo material coletado sobre o tema: livros, artigos, monografias, material da internet, etc.)
  • As referências bibliográficas deverão ser feitas de acordo com as regras da ABNT NBR 6023/2002. Atenção para a ordem alfabética.
  • Na bibliografia final listar em ordem alfabética todas as fontes consultadas, independente de serem de tipos diferentes. Apenas a  título de exemplo, a seguir, veja como citar alguns dos tipos de fontes mais comuns :

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 2. ed. SP: Atlas, 1991.

LAKATOS, Eva e Marconi, Marina. Metodologia do Trabalho Científico. SP : Atlas, 1992.

RUIZ, João Álvaro. Metodologia Científica: guia para eficiência nos estudos. 4. ed. SP: Atlas, 1996.

AS 500 maiores empresas do Brasil. Conjuntura Econômica. Rio de Janeiro. v.38, n. 9, set.1984. Edição Especial.

TOURINHO NETO, F. C. Dano ambiental. Consulex. Brasília, DF, ano 1, n. 1, p. 18-23, fev. 1997.

SÃO PAULO. (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Tratados e organizações ambientais em matéria de meio ambiente. In: Entendendo o meio ambiente. São Paulo,1999. v. 1. Disponível em: <http://www.bdt.org.br/sma/entendendo/atual.htm> . Acesso em : 8 mar.1999.

SILVA, M.M.L. Crimes da era digital. NET, Rio de Janeiro, nov.1998.Seção Ponto de Vista. Disponível em <http://www.brasilnet.com.br/contexts/brasilrevistas.htm> Acesso em: 28 nov.1998.

:: DICA IMPORTANTE ::

  • Seguir as normas da ABNT é MUITO, MAS MUITO IMPORTANTE.
  • Siga o manual de como elaborar um projeto de pesquisa conforme sua faculdade solicita.

E bom TCC, espero que ajude e auxilie muito. Para me seguir nas outras redes sociais!

FACEBOOK :: www.facebook.com/dicasarqfabi

PINTEREST :: pinterest.com/dicasarqfabi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s